Blog do Sono

Se algum conhecido perguntasse como está o seu sono nos últimos meses, o que você responderia? Muitas pessoas têm dúvida sobre isso, afinal, como podemos mensurar a qualidade do sono? Em meio a tantas mudanças, em um contexto de incerteza, dormir se transformou em uma dor de cabeça ainda maior para quem já apresentava distúrbios do sono. 

Há mais de um ano, quase oito milhões de pessoas trocaram o ambiente de trabalho pelo home office, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).Além do isolamento físico, trabalhar na sala ou no quarto causou efeitos psicológicos e emocionais que afetam a qualidade do sono.

Já falamos por aqui, mas é sempre bom reforçar: a privação do sono pode desencadear estresse, aumento de peso, pressão alta, resistência à insulina, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares, afetando todo o organismo. Muitas pesquisas apontam que é muito mais saudável ir para a cama e levantar todos os dias no mesmo horário, sendo uma dica chave de prevenção.

Um estudo divulgado neste mês, no encontro anual da Endocrine Society, revelou que problemas para dormir podem contribuir para o aumento de peso na menopausa. A pesquisa indicou que, além da redução de estrogênio no organismo, os distúrbios do sono predispõem mulheres de meia-idade a ganhar peso, ampliando o risco de diabetes e outras doenças.

Pagina 1 de 39

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!