Blog do Sono

Todo mundo sabe que dormir é uma necessidade fisiológica básica. Para comprovar a importância desse hábito tão comum na nossa vida, basta observar o que acontece quando estamos privados de sono: ficamos cansados, mal-humorados, com dificuldade de concentração, mais ansiosos e até mais propensos a erros e acidentes. A lista de problemas é grande.

Um estudo realizado pelo Hospital Xiangya da Central South University, na China, aponta que ceder com frequência a um simples cochilo pode ser um sinal de alerta para a saúde. De acordo com a pesquisa publicada no Hypertension, cochilos regulares e frequentes estão correlacionados a um maior risco de hipertensão e AVC.

Já é sabido uma boa noite de sono, com pelo menos 6 horas de duração, sem interrupções e de boa profundidade, é essencial para o bom funcionamento do corpo. Ainda assim, cerca de 45% da população ocidental não conseguem manter uma noite adequada de sono devido ao estilo de vida adotado, exposição à luz artificial, consumo de cafeína, estimulantes e outros fatores.

Estudo realizado pela Associação Americana do Coração (AHA, sigla em inglês) definiu que dormir mal é tão nocivo quanto fumar, em atualização da lista das oito coisas essenciais para a vida (Life’s Essential 8) após 12 anos da última atualização.

Sofrer com insônia ou dormir mal todas as noites não é normal. Mesmo que sua rotina seja estressante e as preocupações pareçam aumentar a cada dia, suas horas de descanso profundo devem ser respeitadas — e a higiene do sono pode te ajudar nesse processo. Com informações da “Slice”, confira 10 motivos pelos quais talvez você não consiga dormir — e como resolver o problema.

Pagina 1 de 43

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!

Fale Conosco