Quase 80% dos brasileiros dormem mal, aponta estudo

Como está o seu sono? Para 78% dos brasileiros, a resposta é negativa. Isso é o que revela uma pesquisa feita pela Betterfly, plataforma digital de bem-estar, proteção financeira e impacto social. Para o mapeamento, foram entrevistadas 2.800 mulheres entre 18 e 45 anos no Brasil.

 

O estudo teve o objetivo de verificar as tendências mais importantes nas atividades de bem-estar para o público feminino da América Latina, abrangendo Equador, México, Colômbia, Argentina, Peru e Chile. Destacaram-se, também, fatores como o estresse do dia a dia de acordo com 74% das entrevistadas, a má-alimentação com 69% e o estresse no trabalho pontuando 49%. Os resultados são compatíveis com outras pesquisas já realizadas para determinar a qualidade do sono da população. A Novanoite divulgou em abril apontamentos semelhantes, sinalizando que oito em cada dez entrevistados classificavam o sono como regular ou ruim. Outro estudo, dirigido pelo Instituto do Sono e divulgado em 2021, evidenciou que 66,8% dos brasileiros apresentaram dificuldade em dormir durante a pandemia.

 

A pesquisa da Betterfly também procurou entender o que as mulheres da América Latina fazem para se sentir bem: 80% delas pontua que escutam música e 70% acessam conteúdos on-line. No Brasil, quase 50% declaram a prática de algum exercício físico. Os dados servem para comprovar a importância dos bons hábitos de sono e de se procurar ajuda médica em caso de problemas: dormir bem é intrínseco à nossa qualidade de vida. 

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!

Fale Conosco