8 dicas para que o home office não afete seu sono

Há mais de um ano, quase oito milhões de pessoas trocaram o ambiente de trabalho pelo home office, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).Além do isolamento físico, trabalhar na sala ou no quarto causou efeitos psicológicos e emocionais que afetam a qualidade do sono.

 

Uma pesquisa recente do Instituto do Sono resolveu compreender os efeitos do distanciamento social causado pela pandemia sobre o padrão de sono: os dados mostraram que 55,1% dos participantes alegaram piora do sono. Entre os que relataram mudanças no sono, a pesquisa revelou que 75,1% tiveram mais preocupações, 64% permaneceram mais tempo em frente a telas de computador e celular e 54,1% ficaram em casa de forma prolongada. Ao abordar a qualidade do sono, o estudo indicou que 66,8% têm mais dificuldade de dormir, com 59,4% dos entrevistados apontando que acordam mais vezes durante a noite. O levantamento envolveu 1.600 pessoas de 24 estados diferentes e que responderam ao questionário.

 

Em um contexto de pandemia e trabalho remoto que veio para ficar, selecionamos 8 dicas que ajudam a ter uma noite de sono restaurador

 

1 - Tenha uma rotina regular: adote uma rotina diária para manter seu cérebro concentrado e seu relógio biológico sincronizado. Nosso ciclo é controlado por mecanismos internos e interferências ambientais. Não fique na tentação de apertar o botão soneca. Levante-se, tome banho, vista-se confortavelmente e tome seu café da manhã, de preferência sempre na mesma hora. 

 

2 - Mostre ao corpo que é dia: antes de começar a trabalhar ou durante um intervalo, tome um pouco de sol. Sente-se por 10 minutos ao lado da janela e deixe a luz natural chegar em você Essa iluminação ajuda a sincronizar nosso relógio biológico, reduzindo aquela sensação tão comum de sonolência.

 

3 - Imponha limites: apesar da flexibilidade ser uma vantagem de trabalhar em casa, quando você se esforça em cumprir o horário de trabalho com disciplina, fica mais fácil separar a vida profissional da pessoal. O descanso também é favorecido, por isso evite estar disponível em qualquer horário. 

 

4 - Encontre seu espaço: reserve uma área dedicada exclusivamente para o trabalho. Nem todo mundo consegue ter um escritório em casa, mas é importante separar uma mesa com cadeira confortável para isso. Nada de trabalhar no sofá ou na cama, certo?

 

5. Faça pausas: realize intervalos de tempos em tempos. Estique as pernas, beba água e recupere a energia. 

 

6. Cuide do seu bem-estar social: trabalhar de casa afeta a saúde mental de muitas pessoas. Quando isso ocorre, o sono também é impactado. Por isso, busque soluções capazes de amenizar e compensar a falta de socialização, seja por vídeo-chamadas ou apoio psicológico profissional. 

 

7. Mantenha a hidratação: a dica é ter uma garrafa de água ao lado do computador e fazer pausas para um chá, suco ou café.

 

8. Evite o café em excesso: cuide para não abusar da cafeína. Especialmente no período da tarde e da noite. Cada pessoa reage de modo diferente a substâncias estimulantes no organismo, mas a tendência é que elas afetem a qualidade do sono.

 

Gostou das dicas? Então comece a colocar em prática e agende sua avaliação com os especialistas da Pneumosono!

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!