Você tem um sono normal?

O sono é um estado complexo e ativo, muito importante para o desenvolvimento normal do cérebro. É também,no período de sono noturno, que são liberados alguns hormônios imprescindíveis para a maturação, o crescimento e a manutenção da saúde do nosso corpo.
Estágios do sono

O sono apresenta cinco estágios que se alternam e para ser considerado um um ciclo de sono normal, todos os estágios devem estar presentes e  durar em média ,cerca de 90 minutos.
Sendo assim, uma pessoa que durma 6 horas numa noite apresentará cinco ciclos de sono e outra que durma 8 horas, seis ciclos. Na primeira metade da noite predomina o sono profundo e na segunda metade o sono REM. Por estes motivos dificilmente acordamos na primeira metade da noite. Na segunda metade sonhamos, e também acordamos, com mais facilidade.

Estágios

Estágio 1: É a fase de transição entre a vigília e o sono, na qual somos facilmente acordados.

Estágio 2: Representa a maior parte do tempo de sono. Apesar de ser um estágio posterior ao estágio 1 ainda é um sono superficial e o despertar pode ocorrer como resposta a pequenos estímulos. Os movimentos oculares cessam, as ondas elétricas cerebrais tornam-se mais lentas, a freqüência cardíaca e a temperatura diminuem.

Estágios 3 e 4: são conhecidos como estágios de sono profundo. Aparecem principalmente na primeira metade da noite e se caracterizam por relaxamento muscular mais intenso que nos estágios anteriores, permanecendo ativos apenas os músculos envolvidos na respiração e na movimentação dos olhos.

É necessário um estímulo externo mais forte para acordar alguém que esteja em sono profundo. O cérebro parece estar “desligado” do mundo exterior, tem sua atividade e o seu fluxo sanguíneo reduzidos com o objetivo de recuperar as energias que foram demandadas durante o dia. É o período em que o nosso metabolismo trabalha em níveis os mais baixos das 24 horas do dia.

Sono REM ou paradoxal: também conhecido como o estágio dos sonhos. Leva este nome porque apesar da pessoa estar dormindo e a musculatura esquelética relaxada, a atividade elétrica cerebral é intensa (como se ela estivesse acordada), a pressão arterial, a freqüência cardíaca e respiratória são semelhantes ou mais altas que as observadas durante a vigília.

Forma-se grande número de imagens na forma de sonhos e há intensa atividade cerebral, principalmente nas áreas ligadas ao “stress” e à emoção, geralmente manifestadas na forma de medo ou ansiedade.

 

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!