Blog do Sono

Foi só a partir do final de década de 50 que o sono passou a ser compreendido como um processo ativo. Até então, o sono era tratado como um momento passivo, quando cérebro sofria lapsos que induziam ao sono.

Os alimentos podem ser aliados ou adversários do sono. Cálcio, magnésio e potássio são alguns dos minerais que contribuem para a melhora do sono. Por outro lado, alimentos com muito açúcar, cafeína ou chá verde tendem a prejudicar o sono.

Prêmio anunciado nesta segunda-feira (2) foi para três cientistas que desvendaram mecanismos do ritmo circadiano, o relógio interno dos seres vivos que antecipa mudanças ambientais.
Os norte-americanos Jeffrey C. Hall, Michael Rosbash e Michael W. Young levaram o Nobel de Medicina e Fisiologia de 2017 por suas descobertas sobre o ritmo circadiano, o relógio biológico interno dos seres vivos. Juntos, eles foram premiados com 9 milhões de coroas suecas (aproximadamente 3,5 milhões de reais). O prêmio foi anunciado na manhã desta segunda-feira (2) na Suécia, mas as pesquisas foram desenvolvidas nos anos 1980 a partir do estudo de moscas.

Quem não gosta de ter uma ótima noite de sono? Mas quantas pessoas conseguem? Prestar atenção na qualidade do sono é fundamental para uma vida saudável. Por isso, confira as dicas a seguir:

Uma das características da apneia do sono é a roncopatia ou ressonar, que é um som resultante da vibração do palato e das paredes da laringe. Este certamente é o sintoma mais conhecido do distúrbio do sono que apresenta episódios recorrentes de cessação total (apneia) ou parcial (hipopneia) do fluxo aéreo oronasal.

Os inúmeros estímulos aos quais somos submetidos em termos de luz artificial vêm prejudicando o sono de muitas pessoas. A melatonina, o hormônio do sono, é produzido quando está escuro, mas como temos luz artificial em demasia, incluindo dos smartphones, acabamos desenvolvendo dificuldades para dormir.

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!