Blog do Sono

A qualidade do sono interfere no funcionamento do organismo sob vários aspectos já comprovados em pesquisa. No caso do Alzheimer, existem estudos que mostram uma relação entre o sono ruim e o aumento do risco de acúmulo de placa de proteína beta-amilóide no cérebro, que é diretamente associado à doença.

Ter um sono de qualidade é benéfico para qualquer pessoa, pois é durante o sono que várias funções biológicas são ativadas. Quando o sono é ruim, essas funções ficam prejudicadas. No caso de atletas, esportistas e praticantes de atividade física, isso se reflete no desempenho da prática de cada um.

Vários estudos já comprovaram o quanto o sono com boa qualidade faz diferença no dia a dia e na saúde de qualquer pessoa. A recomendação é que se durma de sete a oito horas de sono diariamente para a manutenção do estado físico, emocional e mental em perfeitas condições.

Confira algumas das consequências possíveis para quem dorme mal rotineiramente:

Em algum momento da vida, qualquer pessoa terá uma noite mal dormida e acordará de mau humor, cansado, irritado ou com muita sonolência. Desde que isso não seja uma rotina, não há com o que se preocupar. Mas muitas pessoas não têm um sono de qualidade e acabam desenvolvendo distúrbios que requerem a intervenção de um profissional.

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!