Blog do Sono

Não é novidade pra ninguém: sentimos mais sono no frio. Isso acontece porque, durante a estação os dias são mais curtos, o que influencia no ciclo sono-vigília, que regula o tempo em que dormimos. Assim, o hormônio do sono - a melatonina - é produzido durante a noite e, com os dias terminando mais cedo, há aumento na produção desse hormônio e, consequentemente, sentimos uma vontade maior de dormir.

A apneia obstrutiva do sono (AOS) é uma síndrome que causa parada na respiração (apneias) ou diminuição da ventilação enquanto se dorme, devido à obstrução na via aérea.  Há apneias que não são obstrutivas e se chamam de centrais.

Sintomas como fadiga, sonolência e cansaço indicam problemas no sono. Uma pesquisa realizada no laboratório da Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia com uma mulher mostrou que, apesar de estar supostamente dormindo, ela despertou 18 vezes por hora.

 Você tem dificuldade para dormir à noite? Esse problema afeta 1/3 das pessoas e, quando acontece diariamente, pode ser necessário identificar as causas. Levantar várias vezes ou acordar cedo demais são alguns indícios de que seu sono está prejudicado. Há 3 tipos de insônia, cada uma com tratamentos específicos. 

Dormir a quantidade de horas correta pode evitar problemas como cansaço, dispersão, ansiedade e depressão. A Fundação Nacional do Sono (Estados Unidos) revisou 320 pesquisas para atualizar a recomendação de quanto tempo é preciso ser dedicado ao sono em cada faixa etária.

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!