Pesquisas relacionam apneia do sono à asma e à doença de Alzheimer

Pesquisas relacionam apneia do sono à asma e à doença de Alzheimer

Mais comum entre os distúrbios respiratórios do sono, a apneia do sono ocorre quando a respiração é bloqueada, deixando a pessoa sem ar e provocando ronco e interrupção do sono diversas vezes à noite. Diversos estudos já associaram o problema à obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares. Recentemente, duas pesquisas americanas também relacionaram a apneia do sono à asma e à doença de Alzheimer. Conheça as pesquisas.

Asma como fator de risco

Realizada na Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, a pesquisa foi iniciada em 1998 com a participação de 1,5 mil pessoas. O objetivo dos pesquisadores era avaliar o risco dessas pessoas desenvolverem apneia do sono em um período de oito anos. Ao fim da pesquisa, observou-se que pessoas com asma apresentaram um risco 70% maior de ter apneia do sono em um período de oito anos do que pessoas que não eram asmáticas.

O risco é ainda maior entre pessoas que desenvolveram asma na infância. E a duração da asma pode interferir no risco: para cada cinco anos em que uma pessoa sofre de asma, as chances de ter apneia do sono aumentam em 10% em um período de oito anos. Para essas conclusões, os pesquisadores ajustaram os dados para outros fatores que favorecem a apneia do sono, como índice de massa corporal (IMC) elevado, consumo de álcool e idade.

Doença de Alzheimer associada à apneia do sono

Na pesquisa realizada na Faculdade de Medicina da Universidade de Nova York, nos Estados Unidos, 68 idosos com uma idade média de 71 anos foram submetidos a duas noites de testes de sono e a exames que indicam a presença de algum marcador biológico para a doença de Alzheimer. Em sua conclusão, a pesquisa sugere que pessoas com algum distúrbio respiratório do sono, como a apneia do sono, são mais propensas a ter algum marcador biológico que indica um estágio inicial da doença de Alzheimer.

No entanto, a pesquisa não conseguiu esclarecer de que modo essa relação é estabelecida – é o distúrbio do sono que causa a doença de Alzheimer ou é a doença de Alzheimer que causa o distúrbio do sono? Apesar disso, os pesquisadores destacam que a prevalência de apneia do sono é maior entre idosos: na população em geral, a prevalência é de 10% a 20%; entre pessoas acima dos 65 anos, a prevalência vai de 30% a 60%.

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!