Por que dormimos mais no frio?

Ficou mais difícil de acordar nos últimos dias, mas essa sensação tem uma explicação: durante o inverno, sentimos mais sono do que o habitual por causa do aumento do frio e da diminuição da claridade. 

 

O ciclo sono-vigília é responsável por regular o tempo em que dormimos, influenciando diretamente na luz do sol. Na estação mais gelada do ano, os dias  são mais curtos e as noites mais longas. Isso por si só faz com que o sono aumente, pois a melatonina (hormônio que regula o sono) é produzida durante a noite. Como no inverno o dia termina antes, ocorre um aumento na produção da melatonina e, por conseguinte, do sono. 

 

O corpo não precisa de horas extras, mas o frio e a pouca luz têm esse efeito em nosso organismo. O que importa é ter um sono de qualidade, capaz de recarregar as energias e garantir disposição no dia seguinte. Agasalhar-se bem e tomar um chá de camomila antes de dormir são algumas ações simples, mas que podem ajudar no descanso. 

 

O apetite e humor também mudam com as temperaturas mais baixas. Há redução da serotonina, humor da alegria, o que torna as pessoas mais desanimadas. Uma boca dia é sempre tomar sol de manhã. No caso da fome, o corpo gasta mais energia para manter a temperatura corporal estável, já que perdemos calor nos ambientes. Estabeleça uma dieta balanceada e que contribua no bom sono, evitando refeições pesadas ou bebidas estimulantes antes de dormir. 

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!