Falta de sono aumenta chances de depressão

Você fica constantemente desanimado, irritado e esquece de várias coisas? Esses sinais indicam que há algo de errado com o corpo, mas como são comuns a vários problemas, pode ser difícil identificar o que representam. Pacientes com distúrbios do sono ou depressão geralmente apresentam esses sintomas, principalmente as mulheres, que sofrem variações hormonais e a jornada dupla de trabalho.

É fundamental fazer um diagnóstico correto para que o tratamento adequado seja iniciado o quanto antes. Para isso, é importante procurar um médico e explicar as principais queixas: cerca de 30% dos adultos, por exemplo, sofre de apneia do sono, mas nem todos buscam ajuda, por exemplo.

De modo geral, o ideal é dormir entre 7 a 8 horas por noite. Tenha horários regulares para dormir e acordar, evite bebidas estimulantes como chá preto e café, coma duas horas antes de dormir (sem abusar na quantidade) e, se não estiver com sono, evite ficar deitado na cama esperando até ele chegar. A falta de sono é um problema mundial: dormir menos de 6 horas por dia aumenta as chances de AVC, hipertensão, infato, arritmia, obesidade e diabetes.

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!