Falta de sono aumenta risco do desenvolvimento de problemas de saúde

Pessoas que dormem menos de seis horas diárias ou sofrem de distúrbios do sono têm mais propensão a desenvolver doenças cardíacas. A informação pode não parecer preocupante, mas um estudo realizado na Inglaterra constatou que esse perfil de pessoa tem 48% mais risco de desenvolver algum problema cardíaco. Noites mal dormidas também aumentam a chance de ocorrerem derrames em 15%. 

E esse resultado não para por aí: em Harvard, nos Estados Unidos, uma pesquisa avaliou a qualidade do sono de 784 homens com mais de 65 anos, entre 2007 e 2009, concluindo que os homens que possuem pouco tempo de sono profundo devido a noites mal dormidas têm mais chance de sofrer pressão alta. Assim, são mais suscetíveis a doenças cardíacas. O estudo foi feito apenas com homens; entretanto, os cientistas acreditam que o mesmo resultado se aplique às mulheres. 

Se você tem alguma dificuldade na hora de dormir ou se sente cansado mesmo após dormir bem, procure um médico especialista no assunto. Uma avaliação da qualidade do sono é imprescindível nesse caso.

 

 

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!