Maioria dos brasileiros tem dificuldade na hora de dormir

Grande parcela dos brasileiros apresenta dificuldades em deitar a cabeça no travesseiro e dormir. Segundo a última pesquisa do Instituto do Sono, 63% da população no país sofre de algum distúrbio do sono. As longas jornadas de trabalho e o uso em excesso de aparelhos eletrônicos são aspectos que contribuem no surgimento dessas disfunções. 

Os distúrbios mais comuns são a insônia, a apneia obstrutiva e as parassonias (como o bruxismo e o sonambulismo). Um sono fragmentado tem consequências nocivas à saúde, afetando a memória, a produtividade e as emoções, pois gera irritabilidade e diminui até mesmo a libido sexual. Em casos graves de apneia, a pessoa pode ter inclusive derrame, aumento da pressão e AVC. Se você deita e demora algumas horas para dormir, além de acordar algumas vezes durante a noite, é preciso consultar um médico especialista do sono. Outra questão pouco falada e bastante frequente é a narcolepsia, que ocorre quando a pessoa dorme demais e, mesmo assim, continua com sono. O ronco também é visto como um distúrbio do sono e se relaciona ao peso. 

A Associação Brasileira do Sono afirma que cada pessoa tem o seu cronotipo, ou seja, prefere realizar suas atividades em determinado horário. Isso não é uma disfunção e permite classificar as pessoas em matutinas (optam por dormir e acordar cedo), vespertinas (se adaptam melhor ao dormir e acordar mais tarde) e as intermediárias (não possuem preferência por horários extremos). Para identificar se existe, de fato, algum transtorno, recomenda-se o exame de polissonografia, em que o paciente passa a noite no hospital e tem os estágios de sono monitorados por eletrodos colocados no corpo. 

Para dormir melhor, é possível seguir algumas dicas. Tenha horários estabelecidos, regulado o seu relógio biológico. Criar um ambiente sem barulho, com pouca luz e boa temperatura é outra dica valiosa. Desligue-se: evite usar celulares, televisão ou computadores perto da hora de dormir. Não beba café ou bebidas estimulantes durante a noite e, por fim, tente relaxar. Não pense nos problemas do dia a dia e, se possível, tente meditar. 

 

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!