Você está dormindo bem?

É comum acordar e continuar com sono? Talvez o seu corpo e sua mente não estejam descansados o suficiente. Noites mal dormidas podem ocasionar diversos problemas à saúde, por isso é importante ter atenção. Em um contexto econômico marcado pela competitividade, a tendência é valorizar o trabalho em detrimento das horas de repouso. Porém, cuidar da qualidade de vida é, ao mesmo tempo, aumentar a produtividade. 

Para determinar se os hábitos de sono estão adequados, primeiro pense se você é daquelas pessoas que desmaiam quando deitam na cama ou se demora um tempão até dormir. A dificuldade em “desligar” significa, em muitos casos, que se está dormindo mal. Depois, avalie se é normal acordar durante a madrugada: especialistas indicam que despertar quatro ou mais vezes é um indicativo de mau sono. Outra medida essencial é estabelecer uma rotina saudável, com um horário certo de dormir e acordar, pois assim o corpo se habitua. Tente dormir entre 7 a 9 horas por noite e valorize um sono de qualidade. 

Além disso, observe como você se sente ao longo do dia. Pessoas que dormem mal ficam sonolentas e costumam apresentar irritabilidade, falhas cognitivas e de concentração, alterações de humor e cansaço. Já as noites bem dormidas aprimoram o desempenho nas atividades do dia a dia. Fique longe dos eletrônicos por ao menos 30 minutos antes de apagar as luzes e esteja em um ambiente silencioso. Escolha travesseiros e colchões que respeitam a curvatura da sua coluna e proporcionam sustentação e conforto. Invista também na alimentação equilibrada e na prática de atividades físicas. Esvazie seus pensamentos e dedique um tempo só para você. Os resultados serão compensadores!

 

 

Tudo Sobre o Sono

Agende seu exame na pneumosono.

A melhor infraestrutura para você!